Deixar de cumprir decisão é crime de desobediência, diz Barroso

“Deixar de cumprir uma decisão judicial é crime de desobediência ou golpe de Estado”, afirmou o ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, ao comentar a decisão do presidente do Senado, Renan Calheiros de não cumprir a decisão dada pelo ministro Marco Aurélio que determinou a sua…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo