fbpx

Suspeita de usar banca para lavar dinheiro, mulher de Cabral é presa

A suspeita de que Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), tenha usado seu escritório de advocacia para lavar dinheiro repassado por empresas que conseguiram isenção fiscal junto ao Executivo fluminense durante a gestão do peemedebista foi a justificativa u…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo