fbpx

Procuradores não podem renunciar a caso por discordar de legislação

Não cabe ao procurador decidir se irá continuar ou não cuidando de um caso. Segundo dispositivos internos do Ministério Público Federal, para renunciar, ele deve apresentar um motivo e pedir autorização ao procurador-geral da República. O debate veio à tona com a ameaça dos procuradores da força-…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo