Corte europeia paralisa 6,8 mil queixas sobre presídios na Hungria

A Hungria ganhou uma carta de confiança da Corte Europeia de Direitos Humanos. O tribunal anunciou a suspensão de 6,8 mil reclamações sobre as condições dos presídios no país por acreditar que o governo húngaro tem tomado medidas para resolver o problema.
O caos carcerário foi reconhecido como…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo