Texto que relaciona judeus a prejuízos da Sadia gera dano moral

É discriminatório e antissemita afirmar em texto publicado na internet, sem provas, que um empresário foi responsável pela falência de uma empresa e que a conduta foi acobertada pelo fato dele ser judeu. Assim entendeu a juíza Flavia Poyares Miranda, da 30ª Vara Cível de São Paulo, ao determinar …

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo