Programação da Rádio Justiça para sexta-feira (04)

Revista Justiça
No quadro Atualidades do Direito, o procurador federal Pedro Beltrão traz o que foi destaque na semana. Nesta edição, o programa também entrevista o Dr. Elie Pierre Eid, autor da obra “Litisconsórcio Unitário: Fundamentos, Estrutura e Regime”. O “Revista Justiça” também traz a participação do Dr. Celso Alves Mariano, especialista em trânsito, para comentar as futuras consequências da recente elevação dos valores das multas de trânsito em todo país. Sexta-feira, às 8h.

CNJ no Ar
O programa fala sobre o uso do Serasajud pelos magistrados, que cresce 135% em um ano. Destaque, também, para discussão de órgãos públicos sobre logística sustentável no Paraná. Sexta-feira, 10h.

Defenda seus Direitos
Ao menos quatro noivas afirmam ser vítimas de um golpe dado por um bufê em São José dos Campos, no interior de São Paulo, no último final de semana. Elas casaram no sábado e relatam que a empresa contratada não compareceu para prestar os serviços contratados. Assim, a festa não saiu como planejada. O caso já foi parar na polícia civil. Quais cuidados o consumidor deve ter ao contratar empresas fornecedoras de produtos e serviços para casamento? Sexta-feira, às 13h.

Radionovela (Fichados na lei)
O doutor Bolinha é um político bastante suspeito que contrata a Janaína como assessora de imprensa. Mas, diante da lei da ficha limpa, ele se vê impossibilitado de concorrer às eleições e precisa armar um plano para se manter candidato. Em diversos horários e versão compacta sábados e domingos, às 20h30.

Rádio Justiça
Emissoras interessadas podem receber boletins diários produzidos pela Radioagência Justiça. Basta um cadastro no site. São jornais com as principais notícias do Judiciário transmitidos diariamente. A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 MHz, no Distrito Federal, pelo satélite ou pelo site www.radiojustica.jus.br. Siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica.

Fonte: Rádio Justiça

Postado originalmente no portal do Supremo Tribunal Federal

Rolar para o topo